31 agosto 2014

Zagreb

31/08

Depois de encontrar a Celinha, Cris e Irlene no vôo da TAP, desci em Lisboa para meu date tradicional com a Simone - naturalmente, tudo ok! Lanchamos, tomamos o vôo a Frankfurt. Lá, almoçamos bem razoavelmente e tomamos mais um vôo a Zagreb. No aeroporto, tudo tranquilo e o transfer já nos esperava.

O apartamento que alugamos era lindinho e superbem-localizado. O casal que nos recepcionou também era muito agradável e informativo.

Subimos para a cidade para passear e comer. Zagreb é uma mistura mais calma de Viena e Praga. Muuuuitas padarias. Passamos pela praça central e subimos à Ul. Ivana Tkalcica, rua de pedestres, cheia de bares e restaurantes. Decidimos ir ao Agava Trattoria, rest recomendado. Chegamos na hora certa: em menos de cinco minutos lotou. Muito gostosa a comida, com pratos clássicos com toque contenporâneo (:P). Depois descemos para o apto... Saí para uma volta noturna, visitei o cinema ao ar livre e fui pego pela chuva torrencial! Voltei encharcado!

01/09

Tomamos nosso café na rua, e fizemos um recogido pela cidade: dolac (mercado), onde compramos ameixas baratíssimas: 40 kunas o kg!); depois, subimos para a parte antiga e fomos à catedral. Passamos pela praça "cívica", com as sedes dos poderes, depois à torre Kula Lotrscak, onde, por coincidência, soou, 12:00, o canhão diário, que comemora a "emancipação" da Croácia nos tempos da dominação húngara. Depois descemos de volta, passamos à frente dos museus (mas decidimos não entrar) e passeanos pelo centro. Comprei umas roupas que precisava, um chá pra tomar ao longo dos dias de férias e retornamos ao nosso apartamento mara. Cochilamos e fomos jantar no Leonardo, popular mas bem razoável (tentamos o Trilogja, mas lotado!). Depois, um bolinho do The Cookie Factorie, gordices que não parariam por aí na viagem... Tomamos um táxi para a rodoviária, onde pegamos um bus noturno para Split.
Ocorreu um erro neste gadget